Comuna Teatro da Pesquisa

Foram atribuídos à Comuna os seguintes prémios:

1973
“FELICIANO E AS BATATAS”- Prémio da Imprensa - Melhor Espectáculo Infantil e Juvenil

1974
“A CEIA”- Prémio da Imprensa - Melhor Texto Português

1978
“HOMEM MORTO HOMEM POSTO”- Prémio da Associação Portuguesa de Críticos - Melhor Espectáculo do Ano

1979
“SISSURRICA”- Jorge de Sena - Encenação: João Mota
“GUERRAS DO ALECRIM E MANGERONA”- António José da Silva - Encenação: João Mota

1980
“EM FRENTE DA PORTA DO LADO DE FORA”- Prémio da Associação Portuguesa de Críticos - Melhor Actor: João Mota

1981
“DEIX’OS POISAR”- Prémio da Revista “Nova Gente” - Melhor Interpretação: Carlos Paulo

1982
“A VIAGEM”- Prémio da Associação Portuguesa de Críticos - Melhor Espectáculo do Ano - Melhor Encenação: João Mota
Sete de Ouro, Semanário “O SETE” - Melhor Encenação: João Mota
Prémio da Revista “NOVA GENTE” - Melhor Encenação: João Mota

1983
“A CASTRO” - Prémio Especial da Associação Portuguesa de Críticos - Reinvenção de um Texto Clássico
Sete de Ouro, Semanário “O SETE” - Melhor Cenografia: João Mota

1985
“AMADIS”- Prémio da Associação Portuguesa de Críticos
Melhores Actores Secundários: Isabel Medina e José Pedro Gomes

1986
“TOURO” - Prémio da Associação Portuguesa de Críticos
Melhor Música: Carlos Mendes

1987
Menção Especial da Associação Portuguesa de Críticos pela Coerência do trabalho desenvolvido e pela Acção divulgadora da Arte Dramática no Estrangeiro

1989
Prémio de Prestígio da Casa da Imprensa a João Mota

1990
“A PÉCORA”- Prémio Garret - Melhor Encenação: João Mota
Sete de Ouro, Semanário “O SETE” - Melhor Actriz: Manuela de Freitas

1991
Prémio Antena 1 - Melhor Interpretação: Manuela de Freitas

1992
“MÁ SORTE TER SIDO PUTA” - Sete de Ouro, Semanário “O SETE”
Actriz Revelação: Manuela Couto

1998
Globo de Ouro (SIC) - Personalidade do ano 1997 em Teatro - João Mota

2001
“UBU NA COMUNA”- Festival de Teatro de Almada, Prémio Especial da Crítica

2004
Menção Especial da Associação de Críticos para “A Cabra ou Quem é Silvia”
Globo Ouro para Melhor Actriz Teatro 2004 para Cucha Carvalheiro em “A Cabra ou Quem é Silvia”